Como é namorar à distância?

Quando criei o blog meu foco maior era falar sobre viagens, mas muitas pessoas queriam saber sobre o meu relacionamento, que é à distância. Namoro o Tin, um alemão, há dois anos e meio, e namorar a distância não é fácil, mas quando você ama muito alguém e não desiste, ela é somente um obstáculo.
DSC04724.jpg
Essa sou eu e o Tin, e sim , nós somos normais, mesmo não parecendo.

“Mas como vocês se conheceram?”
A gente se conheceu no intercâmbio que eu fiz para a Florida, onde fiquei 10 meses estudando em uma High School, que é o ensino médio daqui. Eu tinha 16 anos quando fui pra lá, e nunca tinha namorado ninguém. A primeira vez que a gente conversou foi no primeiro dia de aula, e ele só tinha uma classe comigo, que era esportes. Eu não conhecia ninguém ainda, e então ele veio conversar comigo (ps: eu não entendia nada em inglês), mas achei isso super legal. Ele se apresentou e depois perguntou meu nome e começamos a “conversar”. Eu não entendia nada e nem ele, então a gente ria, e morria de rir.Todo dia era a mesma coisa, a gente tentava conversar e se conhecer melhor. Eu sempre fui envergonhada com essas coisas, mas ele não ligava. E foi aí que tudo começou, e depois de um mês a gente começou a namorar. Sim, eu, Ariane, estava namorando com alguém. Então se você é daquelas pessoas que acham que nunca vão conhecer alguém, esquece, porque a hora certa vai chegar, e a pessoa também, você só precisa ter calma.
Namorar no intercâmbio me fez crescer e muito. Além de aprender mais rápido inglês, já que a gente se falava todo dia e quase toda hora, eu tinha uma pessoa do meu lado que me apoiava e ajudava nos momentos mais difíceis.

IMG_1238.JPG
Em Palm Bay, comemorando algum mês de namoro que não me lembro hahahaha

“Porque decidiram ficar juntos depois do Intercâmbio?”
Depois que o nosso intercâmbio acabou, a gente viajou juntos para Bahamas. Foi a primeira vez que passamos dias e noites juntos. Foi tudo lindo, e não tinha como ser melhor. Aproveitamos cada momento como se não houvesse o amanhã. A viagem acabou e na última noite estávamos na praia conversando sobre o que iria acontecer com o nosso relacionamento. No final de tudo não sabíamos o que fazer e não decidimos nada. Eu fiquei mais uns dois dias nos EUA, mas ele teve que voltar para a Alemanha. Foi péssimo a despedida, eu odeio essa parte mais que tudo nesse mundo. A gente se acabou de chorar, e abraçava e beijava, e chorava mais, e por aí vai. Um dos problemas é que não sabíamos qual seria a próxima vez que iríamos nos ver de novo. Até hoje me lembro como foi difícil vê-lo ir embora e não poder fazer nada.
Depois de alguns dias conversando, a gente decidiu ficar junto, porque não queríamos separar de jeito nenhum. Esperar meses para ver a pessoa que você ama é muito difícil, e dói muito, mas vale muito a pena.
postnamo3.JPG
A gente tenta tirar foto bonita, mas não dá, o Tin sempre faz piada.
postnamoro
O último “abraço” antes de ele voltar para a Alemanha. Ficamos 5 meses sem se ver.

“Como é namorar à distância?”
Namorar à distância é como um relacionamento normal, só que à distância. A gente conversa todos os dias pelo whatsapp, facetime, facebook, skype, e por aí vai. Uso e abuso da internet sim, e é o ó quando a internet está péssima, por isso, tenha uma boa internet em casa, porque o relacionamento não acontece sem ela. Tudo bem, você pode até mandar e conversar por cartas, mas não é a mesma coisa. Muitas pessoas acham isso perda de tempo, e acham que não vale a pena namorar alguém do outro lado do mundo. Eu acho totalmente o contrário, tudo bem que você não vê o seu namorado/a durante meses, mas quando você vê é a melhor sensação do mundo, você abraça e não quer mais largar, e sempre é diferente, e você se sente feliz, e em casa novamente. E depois você vê o porque vale a pena esperar todos esses meses. Você tem que ter paciência, e confiar muito na pessoa. Não adianta querer namorar alguém de outro país ou cidade e não confiar nela com todo o seu coração. Se você não confia, deixa quieto e parte para outra, porque você só vai se irritar e começar a pirar. Muitas vezes eu já pensei em desistir, mas ele sempre me coloca pra cima e me faz ver o porquê de insistir nesse relacionamento. Então tenho certeza de que é isso que você quer.


É muito difícil ir em festas, churrascos, ao cinema, em eventos, e não ter a pessoa que você ama do seu lado, por isso PLANEJE. Em algumas ocasiões especiais que dá para ir ver o seu namorado/a vá, como passar o natal juntos, ou o ano novo juntos, não deixe de ir. Tem que estar sempre planejando a próxima vez que irão se ver. Outro ponto importante é a família. Tenha uma família que entenda isso, que vocês tem muita saudades um do outro e que vocês estão nessa relação porque vocês querem e estão dispostos a sofrer e sentir muita saudades. Se sua família não entender, insista, até que eles aceitem.

“E o ciúmes? Como fica?”
 Namorar alguém que more longe vai fazer você se conhecer melhor. Se você não é ciumento, vai começar a ficar. Se é um pouco, vai piorar um pouco mais. E se você é muito, vai ter que se controlar, porque o ciúmes só tem tendência a aumentar e pode acabar com tudo. O que eu faço é não pensar muito sobre isso, e me distrair com outras coisas. Um ciúmes bobo às vezes não tem problema, mas para o namoro não virar um inferno, tente se controlar. E nunca faça ciúmes na outra pessoa de propósito, se não tem jeito, tenta ser natural, porque você só está piorando uma situação que já é complicada.
DSC04594.JPG
Eu, por exemplo, escrevo, ou faço qualquer coisa pra não pensar muito.

“Insegurança”
Eu já tive muita insegurança no meu namoro. Isso é normal, todo mundo tem, e não tem como evitar. Você sempre vai achar que a pessoa pode conhecer alguém que esteja mais perto dela do que você, mas não pode ficar paranoico sobre esse assunto. É claro que isso pode acontecer, da mesma forma que isso poderia acontecer se vocês morassem um do lado do outro, por isso respira fundo e relaxa. Se você ama a pessoa, e quer ficar do lado dela, tenta mantê-la segura, o máximo possível e dê atenção. Se há algo de errado, vocês precisam conversar sobre isso, e não adianta ficar escondendo porque vai ser pior. Tente não pensar e criar coisas na sua cabeça. Isso só vai piorar. Seja maduro o suficiente para respeitar a pessoa,e  nunca faça algo que você não gostaria que fizessem com você. Se você quer trair a pessoa, TERMINE. Não adianta ficar enganando alguém que tem uma puta consideração por você e ta ali disposto pra ti. Você não gostaria que fosse com você. E sim, muitas pessoas vão ficar falando “Mas você acha que ele não te trai?!”, “Que idiotice” ,”Ta beijando várias”, “É só um beijo, ninguém vai saber”, e blá blá blá. Sabe o que você faz quando te falarem isso? Manda catar coquinho, ou então deixa quieto. Você conhece a pessoa com quem está, e sabe se confia nessa pessoa ou não. Não precisa que os outros dêem opiniões sobre o seu relacionamento.

“Planejar é necessário”
Para que o meu relacionamento dê certo, eu preciso planejar. Todos nós precisamos planejar, e é aí que as coisas ficam um pouco difíceis. Como a gente mora em países diferentes um do outro, o único jeito de ir se ver é de avião. Não tem outro jeito. É caro, mas como já estou nessa faz um tempo, aprendi a me virar e achar coisas para facilitar e economizar. Você começa a saber quais são os melhores dias da semana para viajar, a cotação de moedas estrangeiras, as promoções de passagens aéreas, começa a procurar trabalho, fazer bicos (já fiz vários), você começa a ficar mais independente, e começa ter uma noção de como é a vida, mesmo sendo nova.

No meio do ano de 2016 fizemos um mochilão pela Europa, e tivemos que planejar meses antes.

Conclusão
Para que um relacionamento a distância funcione, na minha opinião, você tem que amar muito e estar disposto a sofrer para depois ser recompensado da melhor maneira possível. Você tem que gostar da pessoa, insistir, ter paciência, ser firme, dar apoio total, e sempre lembrar a pessoa o porquê de estarem fazendo isso e o porquê de estarem juntos nessa. Você precisa amar como se não houvesse o amanhã, e precisa acreditar nessa relação. Se você começa a desistir, a outra pessoa começa a desistir também, então seja forte, e mostre que é isso que você quer e que vai lutar até o fim. Insista e persista, porque o que é seu, ninguém tira, e como muitas pessoas dizem, se for pra ser, será.

12 comentários sobre “Como é namorar à distância?

  1. Maíra

    Muito legal o teu texto! fico feliz que esteja dando certo para vocês! Só que quando vc escreveu “Namorar à distância é como um relacionamento normal, só que à distância.” eu pensei : “p* nenuhma” ahuahuaha Estou nessa também, mas estou tendo muita dificuldade :´( rs mas tamos ai tentando! bjo!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s